sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Cemig e Holcim assinam contrato de R$ 700 milhões para venda de energia de longo prazo

Imagem Cemig
A Cemig assinou, nesta sexta-feira (05/12), contrato de fornecimento de energia elétrica para abastecimento das plantas da Holcim em Pedro Leopoldo e Barroso, em Minas Gerais, até o ano de 2022.

A Holcim vem trabalhando na expansão da planta de Barroso desde 2012, com investimentos da ordem de R$ 1,4 bilhão e com previsão de finalização das obras em setembro de 2015. O aumento da capacidade produtiva será de 1,3 para 3,6 milhões de toneladas de cimento por ano (aumento de quase 2 vezes a capacidade instalada) e um aumento de aproximadamente 60% no consumo de energia, a partir de 2015.

Tal investimento representa para Minas Gerais a consolidação da presença da Holcim no estado, no qual iniciou suas atividades em 1970 (e no Brasil desde 1951), com a implantação da Fábrica de Pedro Leopoldo que àquela época também foi um marco na história da indústria cimenteira do país.

Conforme José Raimundo Dias Fonseca, Diretor Comercial da Cemig, “este contrato assinado com a Holcim vem reafirmar a consolidação da Cemig como a maior comercializadora de energia elétrica do País, buscando sempre as melhores soluções de mercado para seus clientes, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento industrial do Estado de Minas Gerais. Através desta negociação, a Cemig garante energia para todas as unidades operacionais da Holcim instaladas em Minas Gerais até o ano de 2022, contribuindo para a expansão e ampliação de capacidade produtiva da empresa e, consequentemente, o aumento da sua competitividade no mercado.

Cabe ressaltar, ainda, que o valor do contrato assinado hoje, ultrapassa a cifra dos R$ 700 milhões, em volumes de energia crescentes, chegando a superar o patamar de 55MW médios até o ano de 2022”.

Holcim Brasil

A Holcim Brasil S.A. faz parte do grupo suíço Holcim Ltd, um dos líderes mundiais no setor de cimento, concreto e agregados, com operações em cerca de 70 países. Com um faturamento líquido de cerca de R$ 1,24 bilhão em 2013 e cerca de dois mil colaboradores, a empresa fica entre o quinto e o sexto lugar no ranking das maiores fabricantes de cimento do país. Seu parque industrial é composto por três fábricas e duas moagens, 13 centrais de concreto entre fixas e móveis, e três unidades extratoras de agregados. A Companhia tem capacidade produtiva de 5 milhões de toneladas de cimento por ano. A Holcim também mantém no Brasil a operação da Resotec, divisão que oferece soluções ambientais a partir da tecnologia de coprocessamento de resíduos industriais em fornos de cimento.


A empresa foi a primeira cimenteira do País a obter a certificação ISO 9001. Seus investimentos em meio ambiente, também lhe garantiram o status de pioneira no setor ao obter a ISO 14001. O Grupo Holcim mantém a Holcim Foundation, entidade que atua globalmente na promoção da construção sustentável. O Grupo foi reconhecido, pelo nono ano, como um dos líderes mundiais no Índice Dow Jones de Sustentabilidade (Dow Jones Sustainability World Index e Dow Jones Sustainability Index STOXX).

Nenhum comentário:

Postar um comentário