quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Período de férias escolares é momento de atenção para evitar acidentes com a rede elétrica

 
Cemig informa medidas de segurança para as crianças durante o período de recesso escolar

Buscando contribuir para a segurança das crianças durante o período de férias escolares, a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig orienta pais e responsáveis a adotarem medidas que podem evitar acidentes com a rede elétrica neste período. Desse modo, é preciso ficar atento com a criançada, que aproveita o tempo livre para se divertir com pipas, equipamentos eletrônicos e outas atividades.
 
Apesar de ser uma brincadeira mais frequente nos meses de julho e agosto, soltar pipa requer cuidados especiais durante todo o ano. Dessa forma, as crianças não devem soltar papagaios em dias de tempestade, nem em locais próximos à rede elétrica. Caso a pipa fique presa nos fios de energia, a garotada não pode tentar retirá-la, pois há riscos de choque elétrico. Ao praticar a brincadeira, não é recomendado o uso de fio metálico ou cerol, uma vez que os materiais são condutores de eletricidade, que, além de gerar desligamentos na rede, podem também causar acidentes.

“As pipas devem ser empinadas em locais abertos e afastados da rede elétrica. Jamais use fios metálicos ou cerol e, caso a pipa fique presa, não tente resgatá-la”, afirma Demétrio Venício Aguiar, engenheiro de Tecnologia e Normalização da Cemig.

Além disso, Demétrio Aguiar alerta sobre uma novidade que surgiu nos últimos tempos, e que vem agravar os problemas e os riscos: a “linha chilena”, tipo de cabo cortante feito em escala industrial, portanto mais refinado e com materiais mais abrasivos do que o cerol. “Esse tipo de linha é muito mais cortante do que o cerol comum, e infelizmente é possível adquirir este material de origem estrangeira pelo mercado paralelo e até pela internet”, diz o engenheiro.

Ainda no período de férias, é comum levar as crianças para passear em fazendas, sítios ou roças. Nesses locais, caso haja pomar, é preciso ficar atento se as árvores estão próximas da rede elétrica. Se sim, é melhor que a criançada não tente colher frutas dessas árvores, nem usar varas que alcancem os fios, pois isso pode causar choques elétricos perigosos. É preciso ressaltar que árvores plantadas nas ruas e próximas da rede só podem ser podadas pela prefeitura, bombeiros e Cemig.    

Tempestades

Em dias chuvosos, é comum, por exemplo, que as rajadas de ventos e descargas atmosféricas desregulem as antenas de televisão. Nesses casos, as crianças não devem, em hipótese alguma, subir nos telhados para tentar ajustar os equipamentos, uma vez que, além do risco de queda, podem sofrer choques elétricos ou ser atingidas por raios. Em dias de tempestades, a recomendação é retirar os equipamentos elétricos das tomadas, evitando danos aos aparelhos e à segurança das pessoas.

As tempestades também podem causar rompimento de fios elétricos da rede de energia. Nesse caso, é imprescindível que todos se mantenham distantes do local. A recomendação é ligar imediatamente para o “Fale com a Cemig”, através do número 116.   

O uso de celulares, tablets e notebooks, além de outros aparelhos com bateria interna recarregável, está liberado em dias chuvosos, desde que não estejam plugados na tomada no momento do uso. Os equipamentos também não devem ser manuseados em lajes ou em locais abertos, a fim de evitar choques e acidentes. Quando houver necessidade de carregar esses aparelhos, não deve ser utilizada a mesma tomada para conectar todos os equipamentos, por meio do uso de Ts ou benjamins. O ideal é ligar um aparelho de cada vez.

Brinquedos eletrônicos

Nos dias de hoje, as crianças têm procurado novos tipos de passatempos, além das atividades tradicionais, que podem oferecer risco elétrico, como os DVDs e Blu-Ray players, videogames, videokês, televisores, microcomputadores, tablets, celulares e todo o tipo de brinquedo com bateria interna recarregável, alerta Demétrio Aguiar.

“Existe uma variedade muito grande de brinquedos e equipamentos que despertam o interesse das crianças, por isso os cuidados devem começar já na hora da escolha do presente, observando a faixa etária, a voltagem do equipamento e outras questões ligadas à segurança”, ressalta o especialista.

Cuidados extras

Além disso, vale destacar, os aparelhos recarregáveis não devem ser carregados em cima de camas, sofás ou próximos a cortinas, toalhas de mesa ou qualquer outro material combustível, evitando assim, o perigo de incêndios. Também é importante lembrar que esses aparelhos não devem ser utilizados com as mãos molhadas ou em locais úmidos.  

O chuveiro elétrico também esconde perigos, pois as crianças devem chamar um adulto caso queiram mudar a temperatura. Para fazer a mudança, é fundamental observar se a torneira está totalmente fechada. Mesmo os adultos não podem tocar em chuveiros ligados, pois existe o risco de choques elétricos.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário