segunda-feira, 13 de julho de 2015

Cemig implanta projeto de iluminação a LED com o Minas Tênis Clube



A Cemig assina nesta quinta-feira (9/7), às 18h30, Contrato de Desempenho com o Minas Tênis Clube para a implantação de projeto de eficiência energética nas instalações da unidade Minas I em Belo Horizonte, onde será implantado um Projeto de Iluminação a LED. O evento contará com a presença dos presidentes da Cemig, Mauro Borges Lemos, da Efficientia, Alexandre Heringer Lisboa, e do Minas Tênis Clube, Luiz Gustavo Miranda Lage. 

Esta é mais uma contribuição da Cemig com a capital mineira, sede da empresa há 63 anos. O contrato visa fortalecer a tradição de hospitalidade mineira e receber bem os visitantes que virão à cidade para competir e trabalhar na cobertura da mídia e na organização, mas também torcer e treinar.

Também será assinado, pela Efficientia e Minas Tênis Clube, contrato de prestação de serviços de engenharia para a gestão do projeto e participação nos resultados.

O projeto contará com recursos financeiros do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Cemig e proporcionará para o clube a redução da despesa com energia elétrica e melhoria da iluminação, além da redução das despesas com manutenção e dos riscos de acidente do trabalho.

A implantação do projeto, que deverá contemplar quase 100% das instalações da unidade Minas I, deve acontecer até junho do ano que vem com a entrega da arena com nova iluminação já para os Jogos Olímpicos 2016.

Além disso, está prevista a instalação de um software de gestão da iluminação na arena multiuso, que permitirá vários níveis de iluminação. "Esse software controlará a intensidade da iluminação e permitirá as transmissões dos jogos com alta precisão", ressalta Marcos Leporate, técnico em soluções energéticas da Efficientia.

Minas Tênis Clube
O Minas Tênis Clube é uma agremiação desportiva e social com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais. O clube possui destaque nacional e internacional em diversas modalidades de esportes olímpicos. Seu patrimônio é formado por duas unidades urbanas, o Minas I e Minas II, uma unidade campestre, o Minas Country, e, ainda, o Minas Tênis Náutico Clube.

O complexo do Minas I ocupa um terreno com área superior a 31 mil m² (com área construída de 71 mil m²) no bairro de Lourdes, e ocupa o quarteirão inteiro delimitado pelas ruas da Bahia, Antônio Aleixo, Espírito Santo e Antônio de Albuquerque. Fazem parte do complexo a Arena Juscelino Kubitschek, o Parque Aquático, a Sede Social e a Praça de Esportes. O local oferece estrutura para treinamento de Basquetebol, Voleibol, Judô, Natação, Ginástica Artística e Trampolim e possui experiência em sediar eventos esportivos regionais, nacionais e internacionais.

Efficientia
A Efficientia é uma subsidiária da Cemig, criada em 2002, para intensificar a atuação na área de eficiência energética. Por meio da empresa, a Cemig implantou inúmeros projetos de eficiência e soluções energéticas para seus clientes, que passaram a contar com serviços de elevada qualidade neste setor.

De 2002 a 2014, a Efficientia gerou uma economia de energia de 160 mil megawatts-hora/ano, o suficiente para suprir uma cidade de até 350 mil habitantes. Graças a essa economia, 45 mil toneladas de CO2equivalente deixaram de ser lançadas na atmosfera.

Para a Cemig, o apelo está relacionado à sustentabilidade, pois a economia de energia reduz a emissão de gases causadores do efeito estufa, por meio do não-acionamento das usinas térmicas nos horários de pico do consumo de energia pelo sistema elétrico. É a Efficientia contribuindo para que a Cemig se mantenha como a única empresa de energia da América Latina a integrar o Índice Dow Jones de Sustentabilidade, desde a criação do índice, há 15 anos, de forma consecutiva.


Ganhos para o cliente:
·     Redução da despesa com energia elétrica.
·     Não necessita usar recursos do clube. A Cemig aportará 100% dos recursos para implantação do projeto.
·     Não usará recursos de investimento. A amortização do investimento será realizada com a economia de energia e redução de custo operacional.
·     Carência para início da amortização. Só pagará após o período de implantação do projeto.
·     Adequação da iluminação às Normas da ABNT.

Dados dos projetos:
·     Valor investido pelo PEE da Cemig: R$ 1,9 milhão
·     Período previsto de implantação: 12 meses
·     Substituição de cerca de 4.000 lâmpadas de diversas tecnologias, por 3.400 lâmpadas de LED de diferentes tipos e potências
·     Demanda total evitada: 282 kW (quilowatts)
·     Energia Economizada: 784 MWh/ano (megawatts-hora/ano), equivalente ao consumo médio de cerca de 500 residências
·     Redução nas emissões de CO2 para atmosfera, na ordem de 106 toneladas por ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário