segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Cemig implanta rede elétrica para garantir captação de água



A Cemig implantou, em regime de urgência, a rede elétrica necessária para a captação de água do Rio Paraopeba, em Brumadinho (MG), inaugurada esta semana, e que vai garantir o abastecimento de água da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) nos próximos 20 anos. De acordo com Agnaldo José Santos, engenheiro de empreendimento da Cemig, a Copasa fez, no início deste ano, a primeira solicitação de implantação da rede. “O estudo de viabilidade ficou pronto em junho e, depois dos esforços das duas companhias, o Termo de Acordo foi assinado, e as obras foram concluídas com grande agilidade”, afirmou o engenheiro. 

Ao todo, estão sendo investidos cerca de R$ 6,5 milhões pela Cemig e Copasa para fornecer a energia necessária ao empreendimento, que consiste em bombear até 5 mil litros de água por segundo, captados no Rio Paraopeba através de 6,5 quilômetros de adutora de aço, até a Estação de Tratamento de Água do Rio Manso, que pertence ao Sistema Paraopeba. Sem essa obra, as projeções técnicas da Copasa indicavam que, se mantidas as condições pluviométricas e o consumo de água da população no mesmo patamar do ano passado, os reservatórios da RMBH chegariam em julho próximo com apenas 3% de sua capacidade.

O presidente da Cemig, Mauro Borges Lemos, afirmou que a rede para abastecer a estação de captação de água da Copasa faz parte dos esforços da Empresa para atender todas as obras solicitadas. A prioridade, no entanto, são as ligações de energia elétrica de unidades de abastecimento de água, expansões de hospitais e postos de saúde, além das ligações de instituições de ensino. “Estamos trabalhando arduamente para zerar as obras herdadas da gestão passada e executar em dia os novos projetos que entrarem em nosso plano de ação”, enfatizou Mauro Borges.

A primeira etapa emergencial de implantação da rede elétrica consistiu na construção de um ramal de 1,1 quilômetro, a partir da linha de distribuição entre as Subestações Brumadinho e Igarapé 1, até a Subestação Copasa Inhotim que alimenta a estação de captação de água. Essa obra já recebeu investimentos de R$ 1,7 milhão da Cemig e foi finalizada no início deste mês. 

A segunda etapa contempla a conexão direta da Subestação Copasa Inhotim à Subestação Brumadinho. Serão investidos mais R$ 4,8 milhões e a obra deve ser finalizada até o final de 2016.


Nenhum comentário:

Postar um comentário