terça-feira, 11 de abril de 2017

Cemig alerta para uma Semana Santa sem acidentes de natureza elétrica


A instalação de enfeites ao ar livre e de palanques,
próximo à rede, está entre as práticas mais perigosas

A Semana Santa deste ano acontecerá oficialmente entre 9 e 16 de abril, período em que acontecem diversos eventos públicos de manifestações religiosas, com muita tradição. Para evitar acidentes com a rede elétrica, a Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig reforça os cuidados que a população deve tomar durante as festividades.

Fogos de artifício, ornamentos, bandeiras e imagens sacras devem permanecer longe dos fios da rede elétrica, alerta a empresa. A simples aproximação aos fios da rede elétrica pode provocar descarga elétrica e causar acidentes igualmente graves que os contatos diretos com estes fios.

Além dos palanques montados em ruas ou praças, os veículos de som semelhantes aos trios elétricos, com pessoas em cima da carroceria, também trazem riscos de acidentes com a rede de energia. Esses veículos podem atingir fios elétricos, provocando a quebra de postes ou mesmo a ruptura desses fios, que podem cair energizados ao solo e causar acidentes mais graves.

A Cemig também alerta para os riscos de choque com fios elétricos partidos. Nesse caso, a empresa orienta que, ao encontrar um fio caído ao solo, não se aproxime e não deixe ninguém se aproximar do cabo, pois ele pode estar energizado. a população ligue imediatamente para o Fale com a Cemig, no telefone 116 – que funciona 24 horas por dia –, e aguarde a chegada dos seus técnicos especializados.

Além do Fale com a Cemig, a população também pode acionar gratuitamente o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar: o telefone dos Bombeiros é 193, e o da PM é 190.

Confira outras dicas de segurança:

Iluminação, enfeites e sonorização 

• Não lançar artefatos, como fogos de artifício, serpentinas e confetes, entre outros, na rede elétrica, sejam metálicos ou não.

• Antes de fazer qualquer ligação elétrica ou de instalar enfeites e sistemas externos de sonorização, consultar a Cemig.

• Não instalar nenhuma caixa de som ou enfeite próximos à rede elétrica.

• Não fazer ligações clandestinas (gatos).

• Não jogar nada na rede elétrica. Há risco de choque elétrico.

Caminhões de som e carros alegóricos ou com imagens sacras

• Não trafegar sob a rede elétrica se a altura do veículo somada à altura dos foliões que estiverem em cima deles for igual ou maior que a dos fios elétricos, pois, além do risco de choque elétrico, há o risco de colisão com os fios e, consequentemente, de derrubada dos postes, fios e equipamentos da rede elétrica, que podem cair sobre o próprio veículo ou sobre os foliões.

• Observar a existência da rede elétrica e tomar cuidado para não tocá-la.

Palanques para apresentação de cultos religiosos

• A montagem e a desmontagem devem considerar a existência das redes elétricas aéreas e, em caso de escavação, subterrâneas.

• A fixação das coberturas deve ser bem feita para evitar o desprendimento e sua projeção contra a rede elétrica.

Cuidados em casa, sítios e afins, com aparelhos de som, refrigeração e churrasqueiras elétricas

• Não ligar aparelhos elétricos próximo a duchas ou piscinas.

• Evitar improvisos (gambiarras), pois eles aumentam o risco de acidentes com a rede elétrica.

Colisão de veículos com postes da Cemig (abalroamento)

• Não sair do veículo. A pessoa poderá tomar um choque se houver algum cabo partido em contato com o veículo. Se precisar sair do veículo em função de um incêndio, abrir a porta e pular com os pés juntos, o mais longe possível, sem tocar a lataria do carro.

• Não tentar socorrer as vítimas, se houver fio partido. Nesse caso, acionar imediatamente a Cemig e o Corpo de Bombeiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário